Você sabe qual o significado de negociar? Não? Então antes de tudo vamos explicar.

A palavra negociar tem origem latina, negotiatus, no qual tem significado de: “cuidar dos negócios”. Devido a isso, sempre associamos negociação com dívidas e para fazer compras, mas o que muitos não sabem é que a usamos o tempo inteiro, dando outro significado a palavra.

No decorrer da nossa vida enfrentamos desde cedo situações que negociamos para chegar em um ponto conciliador. Quando crianças as mães dizem que para poder brincar, é preciso comer legumes e verduras corretamente, então vamos lá e comemos corretamente. Já quando adolescente para sair de casa é preciso combinar um horário para voltar, normalmente os país querem cedo e para isso é preciso chegar em um acordo em comum, nem tão cedo, nem tão tarde. Quando adultos, as negociações são diferentes, negociamos o valor de alguma pendência e até mesmo para fechar uma compra. Embora sejam situações muito distintas, há uma coisa em comum em todas essas fases, o intuito de chegar em consenso para ambos os lados.

Contudo, podemos dizer que a negociação nada mais é do que uma solução de conflitos, ou seja, ambos os lados entram em um acordo sobre determinada situação. E como já dissemos negociar é uma pratica que está no cotidiano do ser humano. Sendo assim, o que nos resta é aprimorá-la.

Por isso, vamos mostrar as cinco melhores dicas para tornar suas negociações mais prósperas:

1- Iniciar as negociações

Sempre que possível dê início a negociação. Vendedores experientes sabem como é importante dar início na discussão porque afeta diretamente em qual lado vai conduzir a conversa, o controle das seqüências dos fatos durante a negociação vai certamente estar a favor de quem começou a induzir a conversa, assim você ganha pontos a seu favor.

2- Relacionamento 

Quando o assunto é negociar muitas pessoas assemelham comum campo de batalha, onde um irá querer tirar vantagem do outro e com isso acabam criando um clima egoísta durante o percurso.

Não se enganem, pois isso não ajudará em nada. Um bom relacionamento entre as partes garante um ótimo negócio. Quando você conta algo pessoal ao seu respeito, as pessoas tendem a se sentirem mais próximas de você e com esse laço criado se torna mais fácil conseguir boas vantagens. Por isso um papo agradável e descontraído irá te ajudar a ganhar mais benefícios durante a negociação.

3- Pesquise, pesquise e pesquise!

Digamos que você tem interesse em comprar um carro, qual a primeira coisa que você faz? Pesquisa o valor, certamente. Mas não se deixe levar somente por isso, existem muitos fatores que vão além do valor.

O custo benefício é crucial em qualquer negociação. Além de você achar a melhor oferta, você também fica atento a todos os detalhes que talvez o vendedor vá omitir de você! Pesquise sempre valor, durabilidade, preço de reparos, formas de pagamento e juros. Com todos os dados você com certeza irá mirar na melhor opção.

4- Tenha metas

Visualize o que realmente você faz questão. Em uma negociação é preciso que seja bom para ambos, por isso em algum momento o vendedor e você terão que abrir mão de certas coisas. Tenha metas claras do que são prioridades para você e se esforce para conciliar com as necessidades do vendedor. Lembre-se: a negociação não é uma guerra.

5- Tenha acordos formalizados

Transcreva a negociação para o papel. Nosso cérebro analisa melhor quando anotamos o que precisamos avaliar, por isso anote valor, descontos, formas de pagamento, as datas de negociação, benefícios oferecidos e depois repasse tudo com o vendedor. Também peça para o vendedor anotar algumas coisas, assim nenhum detalhe vai ser deixado para trás e é uma forma informal de formalizar a discussão.

DICA EXTRA: Uma dica muito usada por vendedores veteranos é uma técnica chamada Duque de Wellington, nela é colocado duas colunas com os prós e os contras da compra, obviamente o vendedor vai querer encher a coluna com os prós, então não se deixe levar. Preencha as duas colunas e se for preciso use isso como argumento contra o vendedor quando ele estiver “cedendo pouco”.

Cada item, igualmente a negociação, tem sua importância. E se mesmo com todas essas dicas ainda está difícil de chegar ao acordo, algumas perguntas podem te ajudar: Onde eu realmente quero chegar? O que o outro lado deseja como resultado? Até porque não se pode esquecer que o principal é o desfecho de toda a situação.

5 dicas que farão sua negociação um sucessoCaso queira ter acesso a mais dicas como essa você pode clicar aqui (link de dicas).